Internacional /

Terça-feira, 21 de Maio de 2019, 21h:44

A | A | A

Rodrigo Maia rompe relação com Major Vitor Hugo, líder do governo na Câmara

MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL Rodrigo Maia não quer mais conversar com o líder do Governo na Câmara O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo...


Imagem de Capa
Rodrigo Maia
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Rodrigo Maia não quer mais conversar com o líder do Governo na Câmara


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), rompeu nesta terça-feira (21) suas relações com o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), como informou o colunista Guilherme Amado, da revista Época .

Leia também: Maia resiste a derrubar decreto das armas e negocia mudanças com o governo

No fim da reunião entre líderes,  Rodrigo Maia disse que cortou relações pessoais com Vitor Hugo "faz tempo", quando o líder compartilhou uma charge em que alguém ia negociar com deputados levando um saco de dinheiro.

Diante dos líderes, Maia afirmou que não gostaria de estar dizendo isso em público. A fala foi interpretada como uma resposta ao que Vitor Hugo disse na reunião da semana passada, quando Maia estava em viagem oficial aos Estados Unidos. O líder do governo aproveitou o ausência do presidente para se queixar das reuniões que Maia tem na residência oficial com parlamentares do centrão. Ele pontuou que não é justo que líderes se reunam com o presidente da Casa sem que todos os partidos sejam convidados.

Leia também: Centrão deve desistir de recriação de ministérios para se aproximar de Bolsonaro

"Foi lavagem de roupa suja", diz Marcel Van Hattem (RS), líder do Novo na Câmara.

Líder da maioria na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) disse que Vitor Hugo não tem condições de liderar o governo, pois liderança é "uma característica inata".

"Foi ruim porque eu fiquei com vergonha alheia. Mas ele expôs o que todo mundo já sabe, que eles não têm relação."

Daniel Coelho (PE), líder do PPS (Cidadania), considerou o assunto "desinteressante".

Leia também: Rodrigo Maia decide deixar para Bolsonaro sanção de lei que anistia partidos

"Achei esse assunto tão desinteressante que eu levantei e fui embora. Ficou lá um reclamando do outro, mas é um assunto desnecessário", afirmou.

A discussão entre Rodrigo Maia e Major Vítor Hugo pode atrapalhar as negociações do governo com o Congresso. O presidente da Câmara, porém, ainda tem diálogo aberto com a depuatad Joice Hasselamnn, líder do governo no Congresso.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.