GELADEIRA DE DEUS /

Terça-feira, 13 de Junho de 2017, 07h:00

A | A | A

Geladeira na calçada disponibiliza comida grátis para necessitados

Pastor contraria alguns cristãos e defende o apoio e auxílio aos moradores em situação de rua


Carregando fotos
ÌTALO BERTO

Uma geladeira com comida para quem necessita. Esse exemplo de solidariedade que está cada vez mais comum no Brasil, chegou em Primavera do Leste, graças ao Projeto Amar, encabeçado pelo pastor da Igreja Deus no Brasil, Ruben Grubert. Em Mato Grosso, na cidade de Rondonópolis existe um projeto parecido, assim como outras cidades pelo Brasil, como Goiânia, Assis/SP e Divinópolis/MG.

Diferente do que pensa o pastor Rafael, a irmã Lourdes e do que recomenda a Secretaria de Assistência Social de Primavera do Leste, que na reportagem publicada no O Diário, na última sexta-feira (9) opinaram que esse tipo de assistencialismo é prejudicial aos próprios moradores de rua e que faz aumentar os índices de pedintes na cidade, Grubert acredita que a palavra de Deus deve ser obedecida, e não os conceitos humanos.

“Decidi instalar a geladeira para o lado de fora da casa do Projeto Amar depois que observei que haviam pessoa na rua revirando lixo para conseguir o que comer”, comenta o pastor, que logo lembra as passagens bíblicas, “tive fome e não me destes o que comer” e “deixar de fazer aos pequenos é deixar de fazer a mim”, parafraseia Ruben.

Além da solidariedade, o pastor destaca que este gesto não é somente solidário, mas sim de reaproveitamento e reeducação, já que no Brasil mais de 40 mil toneladas de comida são jogadas fora, anualmente, e por isso é o país que está entre os 10 que mais desperdiçam alimentos, segundo dados da World Resources Institute (WRI) Brasil, instituição de pesquisas internacionais.

Para o pastor a culpa de um indivíduo ficar em situação de rua nem sempre é porque essa é a vontade dele, mas também o desemprego pode ser um fator. Em março dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) o número de desempregados no Brasil é de 13,5 milhões. Já o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada aponta que o país tem 101 mil moradores em situação de rua.

“Se não dermos comida, na hora da fome eles vão buscar sanar a fome na cachaça, nas drogas ou no lixo. Não temos que ter dó, porque isso é sentimento, mas temos que ter misericórdia, que é atitude. O Cristão não deve ser movido por consciência, e sim pelo que Cristo falou. Eu vivo o que eu prego”, defende o pastor.

Grubert tem outras pessoas que pensam como ele. São elas que o ajudam o cristão a dar continuidade neste projeto. Tudo que é disponibilizado na geladeira vem de doações de pessoas comuns e empresas, como padarias, que antes de perder produtos por conta da data de validade, entrega para o Projeto Amar oferecer os alimentos na Geladeira de Deus.

 

PROJETO AMAR

O projeto existe há mais de quatro anos, em Primavera do Leste. Uma casa, localizada na Rua Bento Gonçalves, na quadra entre a Rua Manaus e Avenida Campo Grande, atende moradores em situação de rua. Lá eles têm local para tomar banho, se alimentar e repousar. O projeto também visa ajudar famílias que, mesmo possuindo moradia, passam por necessidades.

Com uma cozinha montada na casa há oito meses, almoço grátis é fornecido às segundas, quartas e sextas-feiras, às 12h.

“Um pastor reeduca uma igreja, uma igreja reeduca uma cidade, uma cidade reeduca um Estado, e um Estado reeduca uma nação. A partir de atitudes como as nossas é possível mudar o Brasil”, finaliza Ruben.

 

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

“Saúde de Cara Nova” aprimora estruturas das unidades de saúde de Primavera do Leste

O projeto é 100% desenvolvido com recursos municipais e custará aproximadamente R$ 500 mil

Águas de Primavera realiza obra de implantação de esgoto na Rua Sergipe

A previsão para conclusão é de 10 dias

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.