Cuiabá /

Sábado, 21 de Setembro de 2019, 12h:30

A | A | A

"Dia D" dará agilidade ao atendimento de PCDs no Sine Municipal

Clique para ampliar Dedicado ao atendimento às pessoas com deficiência e aos beneficiários reabilitados, o Dia D, realizado pelo...


Imagem de Capa

Dedicado ao atendimento às pessoas com deficiência e aos beneficiários reabilitados, o Dia D, realizado pelo Sine Municipal, vai ampliar a intermediação de vagas entre empresas e candidatos na sexta-feira (27). O objetivo é incluir ou reinserir este público no mercado de trabalho, facilitando o acesso e ao atendimento do órgão.

Sendo assim, aqueles que procurarem pelo posto de atendimento do Shopping Popular, poderão solicitar e retirar a Carteira de Trabalho na mesma data. A emissão do documento tem tempo estimado entre 10 e 15 dias fora do evento.

De acordo com a Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Débora Marques, o local foi escolhido porque cumpre a vários critérios de acessibilidade.

“Nós constamos, inclusive, com uma intérprete de libras, que propicia a interação com pessoas com deficiência auditiva. Temos que ir para além do discurso e de fato estimular o preenchimento de vagas específicas para PCD que, por diversos fatores, acabam não sendo ocupadas”, diz.

Os interessados devem comparecer à unidade munidos de carteira de trabalho e RG para fazer ou atualizar o cadastro. As senhas serão distribuídas a partir de 7h. Não é necessário fazer agendamento prévio. Lá serão realizados atendimentos para carteira de trabalho, entrada no seguro desemprego e emissão de cartas de entrevista.

A coordenadora do Sine Municipal, Fernanda Rodrigues, destaca que semanalmente são oferecidas dezenas vagas exclusivas para PCD. O último quadro, divulgado na terça-feira (17), por exemplo, conta com 21 oportunidades destinadas ao cargo de auxiliar administrativo.

Neste contexto, a parceria com as empresas é fundamental, uma vez que àquelas que empregam mais de 100 trabalhadores precisam preencher um percentual de 2 a 5% de PCD. “Não basta apenas oferecer a vaga, também é necessário promover as adequações necessárias para receber esse funcionário”, reforça Fernanda.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz