Mulher /

Terça-feira, 21 de Maio de 2019, 12h:01

A | A | A

Saiba por que a prisão de ventre é mais comum nas mulheres e aprenda a evitá-la

Não é apenas impressão: a prisão de ventre afeta realmente mais mulheres do que homens. De acordo com a Sociedade Brasileira de Coloproctologia...


Imagem de Capa

Não é apenas impressão: a prisão de ventre afeta realmente mais mulheres do que homens. De acordo com a Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP), até 30% da população mundial sofre com episódios de constipação intestinal. A incidência mais frequente no público feminino tem a ver com a questão hormonal.

Leia também: Intestino preguiçoso: café e mais maneiras de fazer funcionar

mulher sentada na privada
shutterstock
Entenda por quais motivos a prisão de ventre afeta mais o público feminino e saiba como evitar a constipação intestinal

"A progesterona tem um efeito relaxante no intestino, levando o órgão a fazer movimentos mais suaves, o que dificulta a expulsão das fezes pelo corpo", explica Ronaldo Salles, membro titular da SBCP.

O fator social é outro ponto que contribui para que mais mulheres sofram com a prisão de ventre . Elas normalmente não gostam de ir ao banheiro fora de suas casas e desobedecem o desejo do corpo de evacuar. Este hábito pode levar ao ressecamento das fezes e aumentar a dificuldade de eliminá-las em outro horário.

A constipação intestinal não é caracterizada apenas pela dificuldade de eliminar as fezes, mas de um somatório de sintomas , como inchaço abdominal, mal-estar, dificuldade de eliminar gases e fezes endurecidas, que podem provocar ferimento no ânus pelo esforço constante para evacuar.

Leia também: Parto surpresa: Mulher pensa estar com prisão de ventre mas dá à luz - desmaiada

"Não se deve permanecer mais do que três dias sem evacuar e não é recomendado fazer esforço excessivo. As fezes devem ter consistência amolecidas e bem formadas", afirma Sthela Murad Regadas, presidente da SBCP.

É preciso de prescrição para usar laxantes

A gravidez é outro fator que pode influenciar, pois nesse período há diversas alterações no corpo da mulher, inclusive na motilidade do intestino. Por isso, é importante a orientação médica desde o início da gestação.

Se necessário, o coloproctologista poderá prescrever reguladores intestinais. Mas usar os conhecidos laxantes sem orientação médica pode deixar o intestino preguiçoso e se tornar um círculo vicioso. "Estes medicamentos provocam uma contração no intestino que expulsam as fezes. O organismo nosso percebe esta ação, reage a isso, e para de funcionar", diz Salles.

A melhor maneira de evitar a prisão de ventre balanceando a dieta. Entre os hábitos relacionados à constipação está o consumo excessivo de proteína animal e de alimentos industrializados. Recomenda-se ainda evitar comer massas à base de farinha branca e misturar dois tipos desse alimento em uma mesma refeição.

Como evitar a prisão de ventre

  • Coma frutas, legumes e verduras

Estes alimentos são ricos em fibras, substâncias que não são digeridas pelo organismo, acumulam água e ajudam a formar um bolo fecal mais úmido e macio.

  • Invista em cereais

Os cereais também são ricos em fibras: os mais indicados são gérmen de trigo, aveia, granola e chia.

  • Beba muita água

A água, associada às fibras, forma um bolo fecal mais fácil de ser expulso: quando a quantidade de líquido não é suficiente, as fibras provocam o efeito contrário, causando prisão de ventre

  • Pratique atividade física

O exercício físico estimula o bom funcionamento de todo o corpo, inclusive do intestino.

Leia também: Qual a melhor atividade física para você? Saiba como escolher sem errar

  • Fibras sintéticas

Em casos graves de prisão de ventre , o coloproctologista pode indicar o consumo de fibras sintéticas, que só devem ser ingeridas com prescrição.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

26/06 - Em cerimônia pontuada por bom gosto e emoção na Igreja Matriz, Thayara Rodrigues & Duan Pilonetto receberam a bênção matrimonial no último sábado, 22. Impecavelmente vestida pelo estilista mais famoso do Brasil, Lucas Anderi, a noiva emocionou os convidados logo antes da sua entrada com depoimento para o noivo. Já ele usava um terno Camargo, sendo que o estilista fez questão de colocá-lo em suas redes sociais. Com um flashmob feito pela Musique Casamentos, cantores e violinos surgiam entre os convidados enquanto as alianças eram conduzidas pela avó da noiva ao altar. Queima de fogos iluminaram a noite ao final da cerimônia religiosa. O salão do Centro de Eventos Primacredi foi transformado com suntuosa decoração por Anna Carolina para receber o em torno de 500 convidados para a celebração da boda. O buffet sempre agradável de Dulce Aguiar, (Roo) servia de volantes como as panelinhas quentes até um buffet de comida japonesa requintado, na ímpar noite que foi adoçada pelas receitas de Claudete Zandoná. A animação da festa ficou a cargo da Banda Bis de Cuiabá, além do receptivo da Musique com apresentação do Brass Live durante a festa que foi até as 6 da manhã. Um dos pontos altos da noite foi a surpresa feita pelos padrinhos que interromperam o final da apresentação dos noivos, surpreendendo com todas as músicas que os recém casados gostam e fazendo a festa já pegar fogo, mais uma das brilhantes ideias do Cerimonial Fabiano Fernandez que produziu e atendeu todo o evento com a mesma maestria de sempre, já conhecida e aprovada. Confira mais flashes by Marcello Holanda . Fotos oficiais Fares Rames.

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.