Polícia Federal /

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019, 11h:30

A | A | A

PF desarticula organização criminosa responsável por roubos contra os Correios

Curitiba/PR - A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (12/12) a Operação Cara de Pau, com o objetivo de desarticular organização criminosa...


Imagem de Capa

Curitiba/PR - A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (12/12) a Operação Cara de Pau, com o objetivo de desarticular organização criminosa que efetuava roubos contra funcionários dos Correios.

Estão sendo cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva contra investigados de participação em crime contra os Correios, quando ao menos três pessoas abordaram um carteiro durante serviço de entrega de objetos SEDEX 10 e efetuaram roubo desta carga. Os fatos criminosos ocorreram no dia 14 de agosto de 2019, no bairro Cajuru, em Curitiba/PR. Os mandados foram expedidos pela 9ª Vara Federal em Curitiba.

Conforme foi identificado na investigação policial, os criminosos utilizaram arma de fogo para a prática criminosa e mantiveram o funcionário dos Correios rendido dentro do baú do veículo durante todo o tempo do crime sem poder visualizar o exterior. A subtração dos objetos postais do veículo ocorreu dentro da própria residência dos investigados.
Após o roubo de todos os objetos postais, os criminosos deixaram a residência e abandonaram o veículo dos Correios e o carteiro em um bairro próximo.

Com as medidas cumpridas no dia de hoje, a Polícia Federal espera identificar outros indivíduos que tenham participação dos fatos, bem como recuperar objetos roubados na ação criminosa.

O preso será indiciado pelo crime de roubo qualificado, cuja pena pode chegar até 15 anos de reclusão.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Curitiba/PR
Contato: 41-3251-7809 / 99242-5543
cs.srpr@dpf.gov.br

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz