Política Nacional /

Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020, 16h:30

A | A | A

Secretário-executivo que usou avião da FAB será exonerado, diz Bolsonaro

arrow-options Vicenti Santini / Reprodução / Twitter Santini deverá ser exonerado do cargo O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira que...


Imagem de Capa
dois homens se cumprimentando arrow-options
Vicenti Santini / Reprodução / Twitter
Santini deverá ser exonerado do cargo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira que Vicente Santini será exonerado do cargo de secretário-executivo da Casa Civil por ter utilizado um jato da Força Aérea Brasileira (FAB) para viajar até a Índia. Bolsonaro disse que irá conversar com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, para discutir outras medidas que poderão ser tomadas contra Santini, sem deixar claro se ele continuará no governo, mas em outra função. O uso do avião da FAB por Santini foi antecipado pela colunista Bela Megale.

"Inadmissível o que aconteceu. Já está destituído da função de executivo do Onyx. Decido por mim. Vou conversar com o Onyx para ver quais outras medidas vão ser tomadas contra ele. É inadmissível o que aconteceu. Ponto final", disse Bolsonaro, ao chegar no Palácio da Alvorada, retornando da viagem à Índia.

Leia também: MPF pede que chefe da Secom seja investigado por corrupção e peculato

Em nota divulgada na segunda-feira, a Casa Civil afirmou que a solicitação de uso do avião da FAB "seguiu os critérios definidos na legislação vigente". Bolsonaro, contudo, disse que a atitude de Santini pode ter sido legal, mas foi "completamente imoral".

"O que ele fez não é ilegal, mas é completamente imoral. Ministros antigos foram de avião comercial, classe econômica. Eu mesmo já viajei no passado, não era presidente, para a Ásia toda de classe econômica", disse. 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz