Saúde /

Domingo, 26 de Janeiro de 2020, 17h:30

A | A | A

Embaixada procura família brasileira com suspeita de coronavírus nas Filipinas

arrow-options shutterstock Além da família brasileira nas Filipinas, primeiros casos são registrados na Europa A Embaixada do Brasil nas Filipinas...


Imagem de Capa
Casos de coronavírus são identificados na Europa arrow-options
shutterstock
Além da família brasileira nas Filipinas, primeiros casos são registrados na Europa

A Embaixada do Brasil nas Filipinas já iniciou as movimentações para localizar uma família brasileira que tem suspeita de estar infectada com o coronavírus. De acordo com o jornal filipino ABS-CBN, os pais estiveram com o filho de dez anos em Wuhan, a cidade onde o vírus se alastrou na China.

LEIA MAIS: Coronavírus: uma pessoa infectada pode transmitir vírus para mais três, diz estudo

As autoridades filipinas afirmam que o garoto estaria com febre e dificuldades para respirar, enquanto o pai teria sido diagnosticado com uma forte inflamação na garganta. Estes sintomas podem indicar a infecção pelo coronavírus , que já matou 56 pessoas na China e contaminou mais de 2 mil.

Epidemiologistas temem nova pandemia

No último sábado (26), o epidemiologista Dr. Eric Feigl-Ding publicou dados alarmantes sobre o novo coronavírus em sua conta no Twitter. De acordo com o profissional formado em Harvard, a nova infecção tem potencial de “pandemia termonuclear”, declarando: “Eu odeio ser o epidemiologista que admitirá isso, mas potencialmente estamos enfrentando a maior pandemia desde a gripe espanhola, em 1918”.

Número de infectados cresce

O governo chinês informou no sábado (25) que o número de mortes causadas por coronavírus aumentou para 56 no país. Segundo informações da agência Reuters, 1.975 pessoas foram diagnosticadas com a doença na China, 49 estão curadas. Neste domingo (26), o ministro da Comissão Nacional de Saúde da China, Ma Xiaowei, disse que a capacidade de transmissão do vírus está se fortalecendo.

LEIA MAIS: Coronavírus: 56 mortes e 1,9 mil infectados na China

Também no sábado, o Canadá registrou o primeiro caso de coronavírus e, de acordo com as autoridades locais, o homem foi infectado após viajar de Wuhan , na China, para Toronto, onde está em isolamento.

Com a confirmação, sobe para 13 o número de países afetados pela doença respiratória. Além do Canadá e da China, também há casos de coronavírus confirmados nos Austrália, França, Malásia, Estados Unidos, Nepal, Tailândia, Japão, Vietnã, Arábia Saudita, Coreia do Sul e Singapura.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz