TRÂNSITO /

Quarta-feira, 03 de Julho de 2019, 15h:54

A | A | A

Devido a alças de acesso irregulares, trecho da BR 070 que corta a cidade de Primavera é considerado o mais perigoso


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Dos aproximadamente 186 quilômetros, que são de responsabilidade dos policiais rodoviários federais que atuam na 5ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal – PRF de Primavera do Leste, o perímetro urbano da cidade foi considerado o mais perigoso e o trecho onde mais acontecem acidentes.

Segundo a PRF, o número elevado de acidentes estaria ligado à construção e liberação de alças de acesso irregulares, que na maioria das vezes, só prejudicam o fluxo da rodovia. “Esse trecho dentre de todos os que compreende a 5ª delegacia de Polícia Rodoviária Federal, é o pior em quantidade de acidentes. Essas alças de acesso estão quase todas irregulares e na maioria das vezes são as maiores causadoras desses acidentes”, disse o chefe da 5ª Delegacia Thiago Machado.

As alças de acesso à BR 070 começaram a ser liberadas no ano de 2015, após a construção do viaduto sobre a rodovia. Na época, como justificativa para liberação dos acessos, a administração municipal disse que moradores e comerciantes, principalmente do bairro Castelândia, pediram que providências fossem tomadas quanto ao acesso ao bairro, pois se o projeto inicial tivesse sido levado em consideração, a passagem do centro para o Castelândia seria dificultada, tanto é que houve audiência pública no início de 2016, com representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes - Dnit, da Prefeitura e da sociedade. Sendo assim, por conta própria e sem autorização do Dnit, foram abertos os acessos, que de acordo com a PRF, precisariam ser fechados.

O chefe da 5ª Delegacia da PRF, destaca que se o projeto original do Dnit fosse seguido o número de acidentes seriam menores. Uma outra medida para promover a segurança, seria tornar as ruas do Comércio e São Paulo em mão única. “Os acessos deveriam ser feitos de acordo com um projeto que o Dnit tem de travessia urbana. Me parece que este projeto está engavetado em razão de problemas do trânsito local e da prefeitura, que ainda não conseguiu implantar o projeto de mobilidade aqui da cidade. Os principais problemas é que hoje as laterais da BR são hoje de mão dupla e em todos municípios que a gente conhece, a via do lado esquerdo segue um sentido e a do lado direito segue outro. Isso facilitaria muito e com certeza diminuiria consideravelmente o número de acidentes no perímetro urbano”, exemplificou Thiago.

De acordo com levantamento feito pela PRF, os horários em que cruzar a BR 070 se torna mais perigoso, compreende das 7h às 8h e no final da tarde, quando o tráfego fica mais intenso. “Os piores horários que conseguimos identificar  é no início da manhã e no final da tarde. O horário de almoço tem grande fluxo, mas com certeza de manhã e no final da tarde é o mais complicado”, frisou o chefe da delegacia.

A orientação aos motoristas é que todos tomem bastante cuidado e se possível evitem fazer o cruzamento.

“A orientação é que todos tomem bastante cuidado, porque é uma travessia urbana perigosa, têm grandes riscos e caso a pessoa sinta dificuldade em realizar esse cruzamento, nesses acessos que são irregulares, a sugestão é que passem por baixo do viaduto, atravessando a BR de forma mais segura. É um pouco mais longe, mas é forma mais segura”, orientou o PRF.

 

VIAS DE ACESSO PODEM SER FECHADAS

Nossa equipe de reportagem entrou em contato com a Prefeitura para saber, se existia a possibilidade de as ruas do Comércio e São Paulo se tornarem mão única e as vias citadas serem fechadas. Por meio de nota encaminhada pela Assessoria de Imprensa, fomos informados de que nenhuma possibilidade é descartada até a conclusão do plano de mobilidade. A CMTU classificou as alças de acesso como um erro do passado.  “A Prefeitura de Primavera do Leste informa, por meio da Coordenação Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos, que o município identifica a alça mencionada como um erro cometido no passado e que deve ser corrigido.

A Prefeitura, por meio da empresa licitada Gasini, está fazendo um levantamento de dados e estudos técnicos para apontar a melhor solução para esse trecho.

A Prefeitura não descarta a possibilidade de fechar as alças irregulares e transformar as vias mencionadas em mão única, assim como na Rua Rio de Janeiro e a Olivério Porta.

Para sugerir melhorias no trânsito da cidade, o melhor canal é o e-mail: mobilidadeurbana@pva.mt.gov.br. O canal estará disponível até que a empresa finalize os estudos”.

 

SEM RESPOSTA

Tentamos contato com o Dnit, buscando informações sobre as adequações das alças de acesso, mas também não fomos respondidos.

Assim que os órgãos se manifestarem, publicaremos as respostas.

 

O PROJETO ORIGINAL DO DNIT

O projeto inclui quatro rotatórias: próximo à entrada do Distrito Industrial José de Alencar, próximo à entrada do Bairro Jardim Universitário, próximo à Avenida Florianópolis e no cruzamento da MT-130 com a BR-070. Além disso, passagens elevadas serão construídas no viaduto.

 

ACIDENTES GRAVES E MORTES NO TRECHO

Segundo dados da PRF, por dia passam pelo trecho da BR 070, que corta a cidade de Primavera do Leste, uma média de 5 mil veículos. A quantidade de veículos que cruzam a cidade está ligada ao fato que essa é uma das vias de acesso à Brasília e Goiás.

Com tantos veículos, acidentes se tornaram cada vez mais comuns no perímetro urbano da BR 070. No domingo (30), dois acidentes graves foram registrados, os dois ocorreram próximos a alças de acesso da rodovia. Em um deles uma pessoa não resistiu aos ferimentos e morreu.

A vítima trata-se do vendedor de frutas José Leandro Barbosa de Morais, de 46 anos, ele estava de bicicleta quando foi atingido por uma motocicleta. O homem chegou a ser socorrido pelo Samu e levado à UPA, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu momentos depois.

Nossa equipe de reportagem buscou mais informações sobre o acidente, porém, até o fechamento desta edição não obtivemos respostas.

Já o outro acidente foi entre uma moto e uma caminhonete, que entraram juntas na alça de acesso ocasionando a colisão. Neste acidente ninguém teve ferimentos graves.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Cicloturismo - Primavera do Leste

Um segmento do turismo com potencial e muitos adeptos no município

Produção de leite em Primavera é superior a 4,5 mi de litros

O município ocupa a 44ª posição no ranking estadual

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz