CORONAVÍRUS /

Sexta-feira, 22 de Maio de 2020, 15h:02

A | A | A

Sobe para 37 o número de morte por Covid-19 em Mato Grosso

Mulher de 38 anos era funcionária da Marfrig que teve 25 casos confirmados


Imagem de Capa
Da Redação/Com Informações Repórter MT

Mais uma morte de coronavírus foi registrado nesta sexta-feira (22), uma mulher, de Várzea Grande 38 anos, estava internada no Hospital Metropolitano e morreu na madrugada desta sexta-feira. Ela era obesa, hipertensa e diabética. Este é o 37º óbito em decorrência da doença.

 

Maria dos Santos era funcionária da Marfrig em Várzea Grande e fazia parte dos 14 funcionários infectados pelo vírus na semana passada. Esta semana, mais 11 funcionários testaram positivo para coronavírus. Ao todo, foram notificados 25 casos na empresa.

Na quarta-feira, um outro funcionário da empresa, um venezuelano de 39 anos, morreu por insuficiência respiratória causada por uma pneumonia. De acordo com a assessoria de imprensa da empresa, ele não estava entre os 14 funcionários que testaram positivo para a covid-19. Mas o resultado do exame feito pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) ainda não foi divulgado. O teste rápido deu negativo.

A companhia afirma que adotou todos os procedimentos estipulados em seu plano de contingência: realizou o inquérito epidemiológico e prontamente afastou de maneira preventiva todos os contactantes diretos e indiretos que estão em isolamento domiciliar. Adicionalmente a Marfrig afirma que está seguindo todas as determinações da vigilância epidemiológica do município.

A companhia adotou diversas medidas para a prevenção da doença em suas unidades, entre as quais, a aferição da temperatura de todos os colaboradores na entrada da empresa, o aumento do intervalo entre operações, a diminuição do fluxo no refeitório com diferentes intervalos para as refeições, o afastamento dos colaboradores com sintomas de gripe, grávidas, portadores de doenças crônicas e acima de 60 anos.

A Marfrig reforçou ainda a equipe médica para intensificar o monitoramento dos casos, fortaleceu o uso de EPIs e a comunicação quanto as medidas de prevenção e uso correto das máscaras dentro da indústria. Como mais uma maneira de fortalecer as medidas preventivas a companhia realizou a desinfecção total da unidade e todos os colaboradores estão sendo vacinados contra H1N1.

As outras mortes causadas em decorrência da Covid-19 em Mato Grosso envolveram pessoas dos municípios de Lucas do Rio Verde, Cáceres, Aripuanã, Rondonópolis, Cuiabá, Barra do Garças, Mirassol D’ Oeste, Sinop, Rio de Janeiro, Nova Mutum, Várzea Grande, Vale de São Domingos, Querência, Ponte Branca, Chapada dos Guimarães, Andradina (SP), Alto Boa Vista e São Pedro da Cipa, Curvelândia e Juína.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz