EDITORIAL /

Terça-feira, 14 de Maio de 2019, 11h:10

A | A | A

Juiz de Primavera é acusado de afastar cartorária para nomear amigo como interventor


Imagem de Capa
WALDIR FREITAS

 

 

Esse é o título de uma matéria que acabo de ler num site. Outras “coisas” parecidas com tal título eu vejo nos noticiários da Rede Globo. Ela o tempo todo coloca bandidos em pé de igualdade com a autoridade policial. Quer um exemplo: vejam na próxima notícia onde a polícia tem que atirar em bandido no Rio de Janeiro. A Globo vai dar a notícia colocando a autoridade no mesmo nível que o  bandido.

Sem conhecer o juiz de Primavera e sem querer lhe “puxar o saco” e, quem me conhece, há trinta anos, sabe que não faço isso, me sinto na obrigação de fazer esse editorial em defesa da autoridade. Essa falta de respeito pela autoridade é que está levando nosso País, nossa comunidade e nossas famílias a perder e se distanciar do que é essencial.

Quem lê o título da matéria fica escandalizado e se pergunta: “como pode um juiz fazer uma coisa dessas?”. E o mais atento vai ler a matéria e lá no final da mesma ele descobre: se trata de uma denúncia anônima.

Anônima? Gente, cadê o respeito? Ai a imprensa, usando do seu direito de informar, coloca o Juiz em pé de igualdade à denúncia que é anônima. Tal denúncia deixa a cartorária numa situação ridícula, teria sido ela? Advogado? Teria sido “gente” querendo pegar a causa dela? Um simples amigo...? O fato é que tal denúncia demonstra uma falta de respeito geral, por ser anônima. Se tem verdade essa verdade deveria estar na defesa da cartorária, nos autos; não na imprensa, em forma de denúncia sem saber quem está denunciando.

Nivelar quem investiga com o investigado, quem condena com o condenado tem sido estratégia muito usada ultimamente. Apenas para citar um caso: acusam o então juiz Sérgio Moro de ter sido irresponsável ao condenar Lula, mesmo tendo a sentença do mesmo sido confirmada em instâncias superiores. O acusam mesmo assim e há quem insista em dizer que foi condenação sem provas. Então, estamos indo para um local sem muitas esperanças. De quem é a culpa? Acho que é da própria autoridade que não dá o devido exemplo. Ai, entra no “bolo” todo mundo.

Como pergunta o cidadão comum, até quando isso? Ora, essa inversão de valores vai durar até que o brasileiro tenha vergonha na cara. Mas não adianta vergonha de uns, tem que ser todos. Até lá as discrepâncias farão parte de nossas vidas.

...

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Que sirva de exemplo

Hoje na cidade são mais de 20 mil motocicletas circulando

Mais humano impossível

O que chama a atenção é a forma como as famílias são tratadas

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz