TRÂNSITO /

Sexta-feira, 01 de Novembro de 2019, 07h:00

A | A | A

Prefeitura deve realizar campanhas para conscientizar motoristas

É necessário que plano de mobilidade seja aplicado de forma efetiva


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Nas últimas semanas, o poder público anunciou o início de revitalização nas pinturas de faixas de pedestres e demais sinalizações verticais. Os serviços começaram pela Avenida dos Lagos que recebeu pintura de faixas, demarcação de bordo e centro da via, demarcação de estacionamentos exclusivos para idosos e deficientes e pintura de ciclovia até o cruzamento com a Avenida Amazonas.

No último final de semana, um morador da cidade flagrou diversos veículos desrespeitando a sinalização e estacionando em local proibido. “Em Primavera do Leste a lagoa foi pintada como manda o Código de Trânsito, a direita estacionamento e do outro lado via, mas o povo não adianta. Para nas duas faixas, não está nem aí. Pode ver que é de fora a fora. Tem que meter a caneta de fora a fora aqui. Cadê a fiscalização? As duas vias ocupadas, não adianta o povo não aprende”, frisou o motorista em um vídeo que foi divulgado via redes sociais.

Diante das imagens, entramos em contato com a Coordenação Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos (CMTU), para saber quando a fiscalização nas áreas que já receberam nova sinalização iria começar. Por meio de nota, encaminhada pela Assessoria de Imprensa, o órgão ressaltou que a fiscalização ainda não começou, pois depende que o plano de mobilidade tenha sido executado totalmente, e que antes de exigir algo dos motoristas será necessária uma campanha de conscientização e ainda que o poder público crie alternativas para substituir esse tipo de estacionamento.

De acordo com a CMTU, o Plano de Mobilidade Urbana segue o que estabelece o Código de Trânsito Brasileiro, ou seja, quando o município não tem regulamentação que permita o estacionamento no canteiro central – que é o caso de Primavera do Leste – este tipo de estacionamento é proibido.

Caso houvesse a fiscalização na cidade, conforme prevê o CTB, a medida seria passível de multa no valor de R$ 127,69. A infração é considerada grave, e uma das medidas adotadas pode ser a remoção do veículo.

 

PLANO DE MOBILIDADE DEVE SER EXECUTADO A CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZO

Primavera do Leste ocupa a sétima posição no estado em relação à frota de veículos e a primeira posição se for levado em consideração a estimativa frota x população. Na cidade há quase um carro para cada habitante. Para se ter noção, de janeiro até agosto, 4 mil veículos foram emplacados na cidade, o que demonstra um crescimento de 8%, índice bem maior que a frota brasileira que cresce em uma média de 3,5%. Por isso, ações de planejamento voltadas para mobilidade urbana são indispensáveis para ordenar o fluxo de veículos e garantir segurança à população.

Em fevereiro a empresa Gasini Projeto Consultoria e Treinamento, da cidade de Maringá – PR, venceu o processo licitatório. O valor do contrato é de R$ 290 mil e a empresa terá seis meses para confeccionar o plano de mobilidade urbano. A empresa foi a única a participar do certame.

Para se chegar a um plano de mobilidade e ao estudo apresentado durante a audiência pública realizada recentemente, a empresa Gasini vem realizando pesquisas, reuniões e levantamentos desde março deste ano. Em explanação durante o evento realizado na Câmara Municipal, a engenheira civil e especialista em mobilidade urbana, trânsito e transporte, Bárbara Marquesine, ressaltou que a cidade de Primavera do Leste é uma das poucas em que se traça uma perspectiva para o futuro, e demonstra que haverá mais veículos que habitantes. “A frota de veículos cresce em torno de 8%, sendo que no pais e de 3%, se continuar assim, em 2029 a cidade terá 108 mil veículos. Assim teríamos mais carros que habitantes. De diversas cidades que trabalhamos, Primavera é a primeira cidade que conseguimos em uma projeção ter o número maior de veículos que de pessoas”, frisou a engenheira, que fez questão de ressaltar que o plano de mobilidade se torna algo essencial para organizar a cidade de Primavera do Leste para os próximos 10 anos.

Segundo Marquesini, o número elevado de veículos (21 mil motos e 18 mil carros) está ligado a fatores como renda per capita alta, população jovem e economicamente ativa, deficiência de ciclovias e do transporte coletivo. “Quando participamos de reuniões, vimos que as pessoas estão mais preocupadas com lugar para estacionar e colocação de semáforos do que com os pedestres por exemplo, muitas vezes se esquecendo que todos nós somos pedestres”, ressaltou.

 

AÇÕES JÁ ESTÃO SENDO REALIZADAS

Algumas ações de mobilidade já vêm sendo desenvolvidas em Primavera do Leste, entre eles está a revitalização das pinturas e sinalização da cidade, que segundo a empresa Gasini, deixará o trânsito da cidade mais seguro.

Além da Avenida dos Lagos, a Avenida dos Trabalhadores também será contemplada com as devidas sinalizações viárias e ciclovia, ou seja, Primavera do Leste ganhará ciclovia por toda Avenida dos Trabalhadores, passando pelo Lago e seguindo até na Av. Amazonas, um total de aproximadamente 10 quilômetros.

O cronograma ainda prevê pinturas de faixas e demais sinalização na Avenida Ângelo Ravanello, Avenida Tancredo Neves e Avenida Belo Horizonte, inicialmente, porém, toda a cidade deve ser contemplada com este serviço. Para isso o município reserva R$ 1,8 milhão de recursos próprios.

As pinturas serão executadas pela empresa Triagonal, do Rio de Janeiro. São dois caminhões que aplicarão tinta termoplástica estrudada, em alta temperatura, o que proporciona uma aplicação mais espeça e consistente, com melhor durabilidade.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Radares da BR-070 começam a funcionar

Em Primavera do Leste são 07 aparelhos espalhados por aproximadamente 10 quilômetros

MP da liberdade econômica permite que comércio abra nos feriados

Aciple recomenda que comerciante analise se compensa e que cumpra com leis trabalhistas

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz