INCÊNDIOS /

Quarta-feira, 30 de Outubro de 2019, 08h:44

A | A | A

775 focos de calor são registrados em Primavera do Leste durante período proibitivo de queimadas

A falta de conscientização da população ainda é apontada como um dos principais fatores de risco.


Imagem de Capa
Pérsio Souza

Durante o período proibitivo de queimadas em Mato Grosso, 15 de julho a 28 de outubro, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou 553.279 focos de incêndios em todo o território estadual. Em Primavera do Leste, os satélites foram capazes de captar 775 ocorrências. Para o Corpo de Bombeiros do município, o número é expressivo e os maiores índices aconteceram no perímetro urbano.

O monitoramento de incêndios florestais é realizado através de imagens de satélites que conseguem identificar frentes de fogo acima de 30 metros, no entanto, não possuem precisão exata da proporção.

As frentes de calor nem sempre são incêndios, porém, na maioria das vezes as queimadas são confirmadas. Segundo o Corpo de Bombeiros de Primavera do Leste, em julho deste ano, quando se iniciou o período proibitivo, as queimadas tiveram aumento em 50% comparado ano passado, somente na área urbana. Em todo o ano de 2018 a equipe registrou 350 ocorrências.

Com 775 focos de queimadas durante o período proibitivo, dados do Inpe revelam que a semana que os satélites mais registraram frentes de calor foi entre 9 a 15 de setembro, quando houveram 225 ocorrências. A nível estadual, dentro  destes seis dias, foram 120.509 pontos.

A aldeia Sangradouro, a cerca de 35 km de Primavera do Leste, teve registro de 75 focos de calor. Queimadas registradas nesta região tomaram grandes proporções e invadiram fazendas vizinhas, conforme relatos em redes sociais e imagens divulgadas.

O tenente do Corpo de Bombeiros Matheus Neves explica que os números de ocorrências aumentaram significativamente e que as ondas de calor contribuíram para o crescente índice.

A falta de conscientização da população ainda é apontada como um dos principais fatores de risco, já que mesmo com orientações e campanhas não há mudanças. Conforme Neves, as pessoas ainda utilizam o fogo como meio de limpar os quintais e não pensam nas consequências.

Outro fator de risco são as fazendas que não possuem equipamento e equipe técnica para atender ocorrências nas lavouras. Com a brigada de incêndio, além de auxiliar o trabalho dos militares que possuem uma extensa região para atender, diminui o prejuízo em caso de queimadas.

É importante reforçar que o período proibitivo de queimadas é válido para a zona rural, já que na área urbana é estritamente proibido em qualquer época do ano. 

QUEIMADAS IRREGULARES PREVÊ DETENÇÃO DE 1 A 4 ANOS E MULTA ACIMA DE R$ 3 MIL

que dispõe das sanções penais em atividades lesivas ao meio ambiente, prevê pena de reclusão, de um a quatro anos, e multa de R$ 3.489,64 para quem promove danos ao meio ambiente. Além disto, o Código Penal, no Art. 250, dispõe pena de reclusão de três a seis anos, e multa, em causar incêndio, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outro.

 

Prevenção

Todos os anos, Mato Grosso decreta período proibitivo de queimadas na zona rural. Durante o período de estiagem, que normalmente ocorre entre julho e setembro, não é permitida a queima controlada na zona rural. A medida visa evitar que o fogo se alastre atingindo áreas de vegetação nativa. Os incêndios florestais emitem grandes quantidade de gases de efeitos estufa e trazem prejuízos à vegetação, vida silvestre, saúde humana e economia.

 

NÚMEROS PARA DENÚNCIAS

Para ampliar a rede de contato, em caso de queimadas irregulares, a Prefeitura disponibiliza números para denúncia, sendo: (66) 3498 -99 85 ou 9-9998 6771. Esses telefones funcionam em horário comercial, das 07h às 17h.

O Corpo de Bombeiros pode ser acionado através do 193 ou 3498 5221. Para a Polícia Militar basta ligar 190.

 

PERÍODO CHUVOSO SE MANTÉM NAS PRÓXIMAS SEMANAS

As chuvas devem se manter durante as próximas semanas, mas as temperaturas ainda continuam em alta, com mínima de 21ºC e máxima 38ºC.

Apesar de haver alertas de tempestades para Primavera do Leste, emitidas pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o clima deve alternar entre pancadas de chuvas isoladas e periódicas. 

 

CAMINHÕES COLIDEM NA MT-130 APÓS FUMAÇA ATRAPALHAR MOTORISTAS

O período proibitivo mal havia acabado por completo e às margens da MT-130 estava em chamas na tarde de segunda-feira (28). Uma grande área de vegetação foi atingida pelo fogo, que não se sabe como se iniciou. A fumaça que invadia a pista impossibilitou a visão de dois motoristas que trafegavam pela rodovia e os dois caminhões carregados de algodão colidiram.

Segundo o motorista de um dos caminhões, identificado apenas como Sebastião, ele seguia para Primavera quando o outro veículo frenou na pista devido a queimada que invadia a rodovia e não foi possível evitar a colisão.

O caminhão da vítima ficou atravessado na pista e devido a isto e só foi retirado após a chegada Polícia Militar. O Corpo de Bombeiros também atendeu ao chamado e controlou o incêndio às margens da rodovia.

O outro veículo teve poucos danos e para que o trânsito não ficasse impedido, parou o caminhão alguns metros após o incêndio. Ninguém ficou ferido.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Constelação Familiar sistémica soluciona conflitos processuais em Primavera do Leste

Está é a quarta vez que o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) realiza a prática no município.

Prefeitura diz que apesar de recesso atendimento será normal

Somente nos dias 24, 25, 31 de dezembro e 1º de janeiro serão, de fato, feriados

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz