VÍTIMA DA COVID-19 /

Segunda-feira, 06 de Julho de 2020, 16h:50

A | A | A

Importante líder indígena morre vítima de Covid-19

Cacique Domingos Mahoro, foi transferido para UTI hoje (06) após ficar três dias esperando


Imagem de Capa
Da Redação

Depois de ficar três dias aguardando por um leito de UTI, o cacique Domingos Mahoro, de 60 anos, que foi diagnosticado com Covid-19, morreu na tarde desta segunda-feira (06). O cacique havia sido transferido para a UTI de Cuiabá, porém não resistiu vindo a falecer. A informação da morte do indígena foi confirmada pelo superintendente de assuntos indígenas. O corpo do cacique deve ser trazido para Comunidade Sangradouro onde será enterrado.

 

O cacique Domingos, estava internado há pelo menos 12 dias e teve seu quadro de saúde agravado na última semana e passou a precisar de um leito de UTI, que não estava sendo encontrado nem mesmo na rede particular. A família do cacique também entrou com pedido na justiça para garantir o leito, e a liberação ocorreu nesta segunda (06).

O cacique era conhecido no mundo todo, já esteve na ONU e também com o Papa, e participa de importantes decisões. Ele era presidente da Cooperativa Indígena da Grande Sangradouro e Volta Grande, onde defendia o projeto de independência indígena, projeto que tem como foco principal possibilitar de fato que os povos indígenas, não só da região, mas de todo o país, saiam da linha da miséria e comecem a fazer parte da grande cadeia produtiva do agronegócio.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz