AGRICULTURA /

Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020, 07h:00

A | A | A

Mato Grosso puxa colheita no Brasil e registra alta produtividade

Previsão do tempo mostra chuva forte; precipitação pode dificultar o avanço da colheita, mas ajuda o desenvolvimento da safra


Carregando fotos
Da Redação/Canal Rural

A colheita da soja atinge agora 30,4% da área de 37 milhões de hectares, segundo levantamento da consultoria Safras & Mercado. Para a consultoria, apenas Santa Catarina e Rio Grande do Sul ainda não iniciaram os trabalhos. O mais adiantado segue sendo Mato Grosso.

 

Se comparada ao ritmo médio para o período, 28%, a colheita nacional atual está um pouco mais adiantada. Mas atrasada ante as 40% do mesmo período do ano passado. O avanço em relação a semana terminada no dia 14 de fevereiro foi mediano, quando estava em 22%.

 

Mais rápido

O ritmo de colheita de Mato Grosso segue bastante adiantado, chegando a 74%. Não só a frente em comparação aos 70% do mesmo período do ano passado, mas também ante os 49,4% da média para o período. Vale ressaltar que há uma semana o estado tinha colhido 59% da área, grande avanço de 15 pontos percentuais. Nenhum estado conseguiu algo parecido.

O segundo estado que mais soja retirou do campo foi Goiás, com 29% da área. Bastante atrasado ante os 45% do ano passado e os 38,6% da média histórica. Na semana passada estavam com 20% colhidos.

O Paraná vem na terceira posição com 25% da área de 5,4 milhões de hectares colhidos, também atrasado em comparação a 2019 (42%) e ante os 30,4% da média para o período. Na semana passada o ritmo era de 17%.

Entre todos os estados, apenas o Rio Grande do Sul e Santa Catarina não iniciaram a retirada da soja, segundo levantamento da consultoria. Vale ressaltar que a própria Emater-RS, anunciou esta semana o início dos trabalhos, na casa dos 1%.

 

Matopiba

Dos estados que formam o Matopiba, o Piauí é o com o ritmo mais lento até o momento, com 1% da área colhida, contra 4% da Bahia, 15% do Tocantins e 15% do Maranhão.

 

Previsão do tempo

As previsões para os últimos dias desta semana, mostram chuvas intensas em grande parte das áreas produtoras do Brasil. Embora possam dificultar o avanço da colheita, essas precipitações são muito bem-vindas e reforçam a expectativa de grande safra no país.

Em Primavera do Leste a previsão para esta quarta-feira (26), é de 80% de chances de chuva e de aguaceiros e trovoadas. Na quinta-feira (27) a probabilidade de chover é de 100% e na sexta é de 80%.

A consultoria estima a produção de soja do Brasil em recordes 123,9 milhões de toneladas.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz