PLC 53/19 /

Segunda-feira, 08 de Julho de 2019, 07h:00

A | A | A

Produtores rurais e comerciantes de Primavera prometem parar a cidade

Eles irão se manifestar contra o projeto de revisão dos incentivos fiscais. Paralisação está marcada para quinta-feira (11)


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Produtores e comerciantes do município de Primavera do Leste prometem parar a cidade na próxima quinta-feira (11). A informação foi dada pelo presidente do Sindicato Rural, José Otaviano Ribeiro Nardes e pelo presidente da Associação Comercial e Empresarial de Primavera do Leste – Aciple, Ubiratan Ferreira (Bira). Uma reunião deve ser realizada na terça-feira (9), para resolver detalhes da ação.

De acordo com Bira, a paralisação deve ocorrer caso o governo de Mato Grosso, continue a fomentar impostos no estado, como prevê o Projeto de Lei Complementar 53/2019, que regulamenta a revisão dos incentivos fiscais a empresas que atuam em Mato Grosso e que está em tramitação na Assembleia Legislativa. “Caso for avançar a pauta do governo da mini reforma tributária, que veio aumentar os impostos e prejudicar as empresas e consumidor final, estamos preocupados com isso e a princípio vamos nos reunir para debater uma possível paralisação para demonstrar nossa preocupação em relação ao impacto negativo para o estado, não só para Primavera”, frisou Bira.

Em entrevista ao site Hipernotícia, o presidente do Sindicato Rural disse que não se pode criar impostos a tudo como o governador quer. “Não admitimos que criem impostos sobre a carne, sobre o feijão, sobre os medicamentos, e tudo aquilo que ele quer fazer”, explica José Otaviano Ribeiro Nardes.

Bira ressalta que todos os setores da economia mato-grossense estão preocupados e temem um impacto trágico caso o projeto de lei seja aprovado como está. “É uma preocupação de todos os segmentos, pois essa mini reforma tributária visa taxar todos. O comércio já está tão parado, pois estão todos aguardando a votação da Reforma da Previdência para o país começar a andar e agora o governador quer aprovar essa lei a toque de caixa. O impacto será trágico”, frisou.

 

O PROJETO

O Projeto de Lei Complementar 53/2019 tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso – ALMT. Trata-se do documento de reinstituição de benefícios fiscais. Na noite de quarta-feira (03), os deputados estaduais aprovaram requerimento de dispensa de pauta para o projeto. Agora, enquanto o PLC tramita em primeira e segunda votação e em redação final, quatro comissões foram criadas pela Assembleia Legislativa, formadas por deputados, secretários e pelo setor produtivo, para formatar sugestões e sugerir alterações no projeto governamental.

No projeto, de acordo com o texto, haverá redução dos incentivos e uma perspectiva de incremento na receita pública com alterações nas alíquotas do ICMS. Não haverá aumento de incentivos fiscais, nem novo incentivo fiscal. A estimativa do governo, com a aprovação do projeto, é que a partir de janeiro de 2020 haja um incremento na receita de R$ 500 milhões.

Nessa quinta-feira, durante entrevista coletiva realizada no Palácio Paiaguás, para falar sobre o PLC 53/2019, o governador Mauro Mendes disse que existe muita desinformação sobre o assunto. Ele disse que segmentos da economia usaram de “fake news”, para tumultuar a aprovação do projeto, que prevê a reinstituição e revogação de incentivos fiscais às empresas no Estado. Mauro Mendes afirmou, ainda, que o governo mantém as conversações em aberto. “O governo está disposto a dialogar, fizemos o diálogo com todos os setores, já fizemos com a Assembleia. Estamos explicando em primeiro lugar e desmistificando algumas mentiras que contaram nos últimos dias. Toda boa sugestão, que não venha desconfigurar a lei, ela certamente será bem-vinda”, disse o governador.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Chuva causa prejuízos em Primavera do Leste

Com obra de drenagem suspensa, população só pode contar com “S.O.S Bueiros”, que funciona 24 horas

PM lança Operação Natal Feliz e arrecada brinquedos e alimentos

Campanha começou na quinta-feira (14) e segue até 18 de dezembro

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz